domingo, 20 de fevereiro de 2011

Moja means one, de Muriel e Tom Feelings

.


Distinguido, em 1971, com o Caldecott Honor, este álbum de Muriel e Tom Feelings não só ensina a contar até dez em suaíli, como serve de passaporte para o universo e a cultura do leste africano. Cada número é apresentado numa dupla página ilustrada, através da evocação de espaços geográficos – o inconfundível Kilimanjaro –, de jogos infantis – como o chamado Mankala –, das típicas árvores de café, de peixes do Nilo e de alguns animais da savana, de instrumentos musicais, indumentárias e outros aspectos culturais. As ilustrações suaves – com recurso ao carvão – e particularmente expressivas, além de recriarem fiel e pormenorizadamente a população e o cenário africanos, complementam o texto e prolongam o efeito de contagem, retomando as sucessivas sugestões numéricas – por exemplo, nas páginas correspondentes ao algarismo Nne (quatro), o texto descreve um costume local e as imagens mostram quatro mulheres africanas a carregarem os seus filhos às costas. Saliente-se, ainda, uma pequena introdução que o livro inclui nas suas primeiras páginas, e que faculta aos seus leitores um conjunto de informações sobre África e as línguas faladas naquele continente.


Ficha técnica:


Título
Moja means one - Swahili counting book
| Autor Muriel Feelings | Ilustrador Tom Feelings | Editora Puffin books | Local New York | Data de edição 1992 | Data da 1.ª edição 1976 | ISBN 978-0140546620


Carina Rodrigues (in Casa da Leitura)


Sem comentários:

Enviar um comentário